AFTAS NA BOCA – É ASSIM QUE VOCÊ PODE CURÁ-LAS EM POUCO TEMPO SEM USAR NENHUM REMÉDIO TÓXICO!

AFTAS NA BOCA – É ASSIM QUE VOCÊ PODE CURÁ-LAS EM

POUCO TEMPO SEM USAR NENHUM REMÉDIO TÓXICO!

 

 

 

 

 

As aftas são formações ulcerosas na boca e na língua.

Elas incomodam bastante, especialmente durante o ato de mastigar.
 
No entendimento da medicina alternativa, as aftas são um mecanismo de defesa natural do organismo, que impede com elas o surgimento de outras doenças.
 
E também consequência do excesso de acidez do sangue e do aparelho digestivo.
 
Durante a ocorrência delas, deve-se evitar condimentos ácidos e irritantes, alimentos enlatados e de origem animal.
 
Fizemos uma seleção com ótimos tratamentos naturais para aftas.
 
Alguns são capazes de proporcionar um alívio imediato.

1. Chá de guaçatonga

Ferva um litro de água, apague o fago e jogue duas colheres de sopa da erva.

Abafe e beba morno.

Tome durante o dia.

2. Chá de aipo/salsão
 
Use 100 gramas de folhas para 1 litro de água.
 
Tomar três xícaras por dia.
 
3. Chá de alfavaca
 
Use 80 gramas de folhas para 1 litro de água.
 
Bochechar duas vezes por dia.

4. Chá de sálvia

Use 20 folhas para meio litro de água.
 
Bochechar duas vezes por dia.
 
5. Suco de agrião diluído em água
 
Tomar 250 mL pela manhã, em jejum.
 
6. Suco de cenoura e beterraba
 
Tomar 250 mL meia hora antes do almoço.
 
7. Suco de jabuticaba diluído em água
 
Bochechar três vezes ao dia.

8. Gel da babosa

Descasque um pedaço de folha de babosa e extraia o gel.

Aplique na afta.

Faça isso de três vezes por dia.
 
Outros tratamentos:
 
– Mastigar folhas novas de abacateiro.
 
– Aplicar mel puro de abelhas cristalizado sobre as aftas para aliviar o incômodo.
 
– Aplicar um pouco de bicarbonato de sódio nas feridinhas.
 
– Mastigar folhas de hortelã.
 
– Mastigar um raminho de alecrim fresco por cerca de três minutos.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

 

Fonte: http://www.curapelanatureza.com.br

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*